Ametista do Sul – Capital da Pedra Ametista

23 de agosto de 2012

ametista-do-sul

Neste post a viagem de turismo, feita em 2006 (alguns quilos atrás), é na capital mundial da Pedra Ametista, a cidade de Ametista do Sul, um lindo, pequeno(8mil habitantes) e receptivo lugar ao norte do estado do Rio Grande do Sul. Surgida há mais de 50 anos, a mineração no Médio e Alto Uruguai do Rio Grande do Sul, Brasil, teve seu inicio por acaso, onde caçadores e agricultores pioneiros que habitavam a região nos anos 30 encontraram as primeiras pedras sob raízes de árvores, córregos e áreas lavradas.

ametista-do-sul

Com o término da Segunda Guerra Mundial, devido ao grande valor comercial das pedras, o interesse pela exploração aumentou. Nesta época surgem os primeiros garimpeiros que faziam as escavações em forma de poço, com uma abertura lateral chamada de carregador, o que era facilitada devido à topografia acidentada.

ametista-do-sul

O ano de 1972 foi o auge da produção, e o garimpo que era ao ar livre, passou a ser feito sob a forma de túneis, que atualmente podem atingir a profundidade de aproximadamente 800 metros.

Abaixo a igreja São Gabriel, uma das mais lindas que já vi, por dentro lindos painéis pintados ao fundo e teto, tendo suas paredes revestidas de ametistas, quando visitei ainda esta em construção, hoje já está pronta.

ametista-do-sul

ametista-do-sul

Na praça existe esta grande pirâmide espelhada, e ao centro um chafariz feito com uma grande ametista, mais místico que isso impossível!

ametista-do-sul

ametista-do-sul

Visita ao Ametista Parque (http://www.ametistaparque.com.br/), onde estão expostas pedras do mundo todo, o lugar é realmente fantástico, não dá pra tirar foto, claro que eu tirei (poucas) pois tenho certeza que isso ajuda o empreendimento deles.

ametista-do-sul

A exposição é composta por centenas de lindas pedras, e também algumas gigantescas, tem uma quase do tamanho de um Fusca.

ametista-do-sul

O parque fica na encosta de um morro onde existe uma furna de extração, após ver as pedras você é conduzido a visitar o seu interior, e ainda existem pedras presas as paredes (dá pra espiar dentro delas), equipamentos de extração, e até uma área onde são feitos eventos, como confraternização de empresas, é bem legal!

ametista-do-sul

Depois fui conhecer uma furna em plena atividade, esta é a entrada lateral ao morro:

ametista-do-sul

Entrei em torno de 200 metros morro a dentro, e lá estava um garimpeiro retirando uma grande ametista da parede!

ametista-do-sul-

Nesta foto um dos locais onde a pedra é tratada, sendo cortada e posteriormente tendo a sua borda polida.

ametista-do-sul

Algumas fotos de lojas que vendem as pedras ametistas e também outras encontradas na região.

ametista-do-sul

ametista-do-sul

ametista-do-sul

ametista-do-sul

ametista-do-sul

ametista-do-sul

ametista-do-sul

Pedras para mesa de centro

ametista-do-sul

Esculturas feitas a partir das pedras semi-preciosas

ametista-do-sul

ametista-do-sul

ametista-do-sul

Ametista do Sul também é rica em outros atrativos naturais, vale a pena mesmo conhecer a cidade, as ametistas e seus parreirais. A cada 2 anos em março existe a Expo-pedras, com grandes shows e feira de pedras semi-preciosas, e os preço praticados na cidade são muito baixos, da vontade de levar um caminhão de pedras.

ametista-do-sul

Mais informações:

Site: www.ametistadosul.com/
Site:Ametista Parque


Veja o mapa Expandido

Filme: O Tempo e o Vento

13 de abril de 2012

Esta não é uma viagem de turismo, na verdade nem é uma viagem, mas traz aqui um tema que com certeza irá ajudar em muito o turismo no sul do Brasil, vamos abordar aqui o filme “O Tempo e o Vento” que está sendo rodado no Rio Grande do Sul, em cidades como Pelotas e Bagé.
Tempo-e-o-Vento-tarcisio-capitao-rodrigo-cambara
Queremos trazer um material inédito, são os registros fotográficos da série “O Tempo e o Vento” de 1985, no distrito de Morungava na cidade de Gravataí. Quem nos cedeu foi minha professora Lilliam Ramos, essa mocinha sorridente nas fotos. As filmagens foram feitas próximo a propriedade da sua família, e claro que eles não deixaram de registrar Rodrigo Cambará(Tarsísio Meira), e Ana Terra(Glória Pires), hoje interpretados por Tiago Lacerda e Cléo Pires.
Tempo-e-o-Vento-ana-terra-gloria-pires-cleo
Esperamos que  “O Tempo e o vento” sirva para elevar mais ainda nossa cultura, nossa história e legado, pois aqui temos legado e não bairrismo, temos que separar bem estes termos.

Tempo-e-o-Vento-ana-terra-gloria-pires-cleo

Esta linda obra de Érico Verissimo tornou-se a obra definitiva do Rio Grande do Sul, e levou nossa história de luta por muitos continentes e ao longo do tempo…

Tempo-e-o-Vento-ana-terra-gloria-pires-cleo

http://www.facebook.com/OTempoeoVentooFilme

http://www.otempoeoventoofilme.com/

http://www.otempoeoventoofilme.com/apps/blog

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...